Notícias

Vanessa Grazziotin critica entrevista do presidente do TST sobre Reforma Traballhista

Há muitos estudos que comprovam que os direitos dos trabalhadores não são responsáveis pelo desemprego no Brasil. A afirmação foi feita pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) que criticou em Plenário nesta sexta-feira (6) entrevista do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra, ao jornal Folha de S. Paulo, em que o ministro defendeu a reforma trabalhista.

A senadora disse não se conformar com o fato de o presidente do tribunal que tem o papel de defender os trabalhadores, ser favorável a mudanças na legislação que beneficiam apenas os patrões.

Vanessa Grazziotin afirmou ainda que, ao falar com o jornal, Ives Gandra reconheceu não haver na reforma qualquer conquista para os trabalhadores. Além disso, o presidente do TST declarou ser necessária a retirada de direitos trabalhistas para possibilitar a geração de emprego.

— O mínimo que o senhor deveria fazer era renunciar o seu posto de presidente do Tribunal Superior do Trabalho. Lhe conheço pessoalmente, ministro. Lhe respeito muito. Lhe respeitava até esse momento, porque vossa excelência não respeitou o povo brasileiro.

Fonte: Agência Senado

Print Friendly, PDF & Email